O que é a quiroprática?

A Quiroprática é uma filosofia, arte e ciência que assenta na localização, redução e/ou remoção de desalinhamentos e/ou oclusões vertebrais que podem ser a causa de pressão ou irritações nos nervos impedindo a correta comunicação entre o cérebro e todo o seu organismo. O objetivo da quiroprática é restabelecer essa comunicação através de ajustamentos que permitirão ao seu corpo atingir o seu máximo potencial.  A Quiroprática não se destina ao tratamento de sintomas, pretende antes, restituir ao seu corpo a capacidade de se recuperar, curar e ser saudável naturalmente, e consequentemente, melhorar a sua qualidade de vida.

Em que consiste uma consulta de Quiroprática?

Consiste numa avaliação do seu estado geral de saúde, um exame neurológico, testes de mobilidade e postura, avaliação de exames médicos como Rx, TAC, RM (caso tenha). Poderá também ser feito um ajustamento na primeira consulta caso o seu Quiroprático considere indicado.

O seu Doutor de Quiroprática fará também algumas recomendações e indicará quando deverá voltar para uma nova avaliação e novas recomendações.

O Doutor de Quiroprática pratica medicina? Vai prescrever-me alguma medicação?

O Doutor de quiroprática pratica quiroprática. Tal como um oftalmologista é especialista em doenças dos olhos, o Doutor de Quiroprática é especialista da coluna vertebral e sistema nervoso. Os Doutores de Quiroprática não utilizam drogas nem recorrem à cirurgia.

Os medicamentos são necessários para o tratamento de doenças contagiosas ou infecciosas ou para alterar a fisiologia.

No entanto no que se refere a um grande número de problemas de saúde, quando são usados medicamentos para tratá-los, os sintomas às vezes desaparecem ou são atenuados e o problema parece resolvido ou corrigido… Mas por quanto tempo?

Então, qual é a diferença entre um Médico e um Doutor de Quiroprática?

A diferença é que, o Médico de uma maneira geral tem a sua atenção voltada para o tratamento dos sintomas tendo como principal método de tratamento a medicação, e Doutor de Quiroprática dá principalmente atenção ao bom funcionamento do sistema nervoso através da eliminação de subluxações. Para isso o Quiroprático, em vez de prescrever medicação, dedica a sua atenção ao funcionamento correto da mecânica do corpo e à nutrição. O Doutor de Quiroprática procura corrigir a causa do problema e não os sintomas que este possa apresentar. Esse objetivo pode se alcançado utilizando o ajustamento vertebral.

O que é Um ajustamento?

Um ajustamento ocorre quando um quiroprático reduz ou corrige uma subluxação. Após uma cuidadosa avaliação Quiroprática, o quiroprático impele um impulso preciso e controlado na sua coluna vertebral, no local exato e do ângulo adequado. Nunca se deve confundir um ajustamento quiroprático com uma manipulação das articulações, sendo o ajustamento algo deliberado, vocacionado e diligente.

O que é uma subluxação vertebral?

A subluxação vertebral é um desalinhamento ou mal funcionamento das articulações da coluna vertebral, que desenvolve danos estruturais cumulativos à própria coluna, bem como aos tecidos adjacentes; afeta o sistema nervoso, alterando as mensagens nervosas que circulam do cérebro para o corpo e deste para o cérebro.

O fenómeno é similar a um automóvel que tenha a direção desalinhada – o desgaste dos pneus será muito superior ao esperado.

As subluxações vertebrais são devastadoras para o seu corpo. A erosão estrutural, acumulada ao longo do tempo, pode originar hérnias discais, artroses, bicos de papagaio, etc.

Pior ainda será quando os sinais elétricos, que o cérebro envia e recebe do corpo, são alterados; nesta fase, os seus órgãos já não funcionam tão bem como deveriam, nem o seu corpo se adapta tão bem ao meio envolvente. Infelizmente não se pode substituir as articulações com a facilidade com que trocamos os pneus de um automóvel: uma vez gastas, são insubstituíveis.

Como você não tem qualquer capacidade física de sentir uma subluxação vertebral, você pode tê-las durante vários anos, ou até mesmo décadas sem saber. Somente após haver muito desgaste acumulado, ou quando o corpo já se torna demasiado fraco, é que começam a aparecer os sinais de aviso. Não permita que isto lhe aconteça!

Como é que a quiroprática me pode ajudar?

A Quiroprática pode ajudá-lo a manter a sua coluna vertebral em alinhamento. Todos os órgãos do seu corpo estão sob o controlo do sistema nervoso central. Se os impulsos nervosos não chegam a cada órgão ou tecido em qualidade e quantidade suficientes, o funcionamento desse órgão ou tecido pode ficar comprometido. Os sinais elétricos, que o cérebro envia ao corpo, permitem a contração dos músculos, o batimento cardíaco e, em suma, controlar a totalidade das suas glândulas e órgãos. Por isso ​se tiver uma subluxação vertebral isso pode não só estar a causar-lhe dor e mau estar (local ou generalizada, crónica ou aguda), como a impedir que o seu corpo seja capaz de se restabelecer e a interferir com muitas outras funções do seu corpo, com o seu sono, o seu dia-a-dia, comprometendo assim toda a sua saúde e qualidade de vida. ​​A Quiroprática não se destina ao tratamento de sintomas, pretende antes, restituir ao seu corpo a capacidade de se recuperar, curar e ser saudável naturalmente e consequentemente melhorar a sua qualidade de vida.

Mas, em que áreas especificas é que a quiroprática me pode ajudar? Quem pode beneficiar-se dos cuidados quiropráticos?

A quiroprática pode ajudar o seu corpo a recuperar nas mais variadas àreas e pode ajudar todo o género de pessoas. Veja alguns exemplos:

  • Dor na coluna lombar
  • Hérnia discal e dor ciática
  • Dores no pescoço
  • Dores e tensão muscular
  • Problemas nas articulações do ombro, cotovelo, punho, joelho, tornozelo
  • Restrições à movimentação
  • Lesão por Esforços Repetitivos (LER)
  • Lombalgia
  • Cervicalgia
  • Dor de Cabeça
  • Enxaquecas
  • Insónias
  • Stress físico e mental
  • Ansiedade
  • Fadiga
  • Asma; Alergias
  • ​Dor aguda; Dor crónica
  • Lombalgias; Cervicalgias
  • ​Hérnias discais; Dor Ciática
  • Grávidas
  • ​​Bébés; Crianças
  • Atletas (resistência, performance, recuperação)

A quiroprática pode ajudar a controlar as alergias?

A maioria das pessoas nunca pensou nisso, mas a quiroprática pode ajudar consideravelmente no alívio das alergias.

Visto que a alergia é uma resposta exagerada do sistema imunológico (que por sua vez é regulado pelo sistema neurológico), ao libertar o sistema neurológico de stress através de ajustamentos à coluna vertebral do paciente, os cuidados quiropráticos permitem que o sistema imunológico funcione mais eficazmente o que é excelente para qualquer pessoa, mas especialmente para as pessoas que sofrem de alergias.

​Pense nisso!​​​​

Qual é o grau de satisfação com os tratamentos quiropráticos?

Um estudo sobre esta matéria revelou que a Quiroprática é o tratamento não médico mais freqüentemente usado nos EUA e proporciona alta satisfação aos seus utilizadores: “Praticamente todos os pacientes tratados por um quiroprático declaram-se satisfeito com o seu tratamento; três quartos (73%) declaram-se ‘muito satisfeito’ e 23% declaram-se ‘razoavelmente satisfeito’.” –  ​​​​​​​LANDMARK HEATHCARE, inc. 1998. “The Landmark Report II on HMOs and Alternative Care”. Landmark Heathcare, Inc. Sacramento, CA.: preprint.​​

A quiroprática é segura?

Quando o ajustamento quiroprático é feito por um Quiroprático habilitado é muito seguro. E quando comparada com outras terapias, a Quiroprática é uma das mais seguras e eficazes. O jornal “Archives of Internal Medicine”, volume 158, de 9 de novembro de 1998, comentou, sobre a ocorrencia de efeitos indesejáveis que “as estimativas variam de 1 em 400.000, a de 3 a 6 em 10 milhões”, mostrando, assim, que complicações decorrentes de tratamentos quiropráticos, evidentemente são muitíssimo raras. De facto, os estudos científicos nesta área comprovam que tem cerca de 5 vezes mais probabilidade de ser atingido por um relâmpago durante o dia ou de sofrer de um acidente vascular cerebral provocado pelo movimento de cabeça, pela medicação ou por uma doença vascular, do que com os cuidados de Quiroprática.

Quem pode exercer Quiroprática?

Só os Doutores em Quiroprática formados em faculdades reconhecidas têm competência para praticar a Quiroprática.

Veja aqui qual a formação do seu Quiroprático